14/09/2010

Compartilho minha matéria publicada no DestaqueSP

http://www.destaquesp.com/index.php/Turismo/Lugares/cinque-terre.html


Cinque Terre mistura o selvagem e o charme natural



Cinque Terre_1
Vista da trilha de Vernazza
Foto: Erica Ritacco


Aventura, trilhas com subidas e descidas íngremes, muita vegetação, mar cristalino e montanhas por todos os lados. Este é o cenário do paraíso natural de Cinque Terre, localizado em Ligúria Oriental, no norte da Itália. Quem imagina que as únicas belas praias italianas são aquelas do sul como Calabria, Sicília, Sardenha ou Puglia está enganado. A apenas duas horas e cinquenta minutos de Milão é possível conhecer praias, que embora não sejam as metas tradicionais dos turistas, devem, sem dúvida, serem incluídas na lista do que fazer ao menos uma vez na vida.

Cinque Terre ou em português, Cinco Terras, é um parque nacional que compreende as cidades de Monterosso, Vernazza, Corniglia, Manarola e Riomaggiore. Considerado pela Unesco como Patrimônio Mundial da Humanidade, a terra de especialidades gastronômicas incríveis, é o destino ideal para quem aprecia a tranquilidade, mas também gosta das facilidades de estar perto da cidade.

O parque é ao mesmo tempo uma região rústica e elegante, com ruas pequenas e repletas de restaurantes e hotéis aconchegantes. Aqueles que preferem ficar ainda mais próximo da natureza, podem se hospedar em campings, que no geral oferecem infraestrutura de primeira.


Cinque Terre_2
Praia do Centro da cidade de Monterosso
Foto: Marcelo Ritacco


Cinque Terre_3
Arquitetura das casas de Corniglia
Foto: Marcelo Ritacco

O passeio à Cinque Terre pode ser feito de trem ou de carro, no entanto, convém estudar a possibilidade de deixar o automóvel em casa, porque se trata de uma região que dispõe de poucos estacionamentos e de inúmeras ruas com trafego limitado. Além disso, a viagem de trem (www.trenitalia.it) custará muito pouco: entre 12 e 20 euros, dependendo do horário de partida e da categoria do trem.

Existem três possibilidades para conhecer as praias. As pessoas que têm mais tempo disponível para curtir o lugar e querem fazer os passeios a pé, só precisam carregar umas garrafinhas de água e terem fôlego. A princípio as trilhas são cansativas e parecem difíceis, mas a paisagem faz valer cada passo. Já o turista que prefere conhecer o local, mas não deseja fazer caminhadas longas, pode se locomover com o trem, que além de partir em intervalos curtos, atravessa toda a região.

Em Cinque Terre é interessante comprar um bilhete diário de transporte, que oferece uso ilimitado. Esse bilhete custa cinco euros e está à venda nas bancas de jornais ou no tour point de cada cidade. O turista pode também fazer uma parte do passeio por trilha e outra com transporte público, pagando apenas oito euros ao dia. Por último, existe ainda a opção do passeio a barco, com valor de 19,50 euros por dia e que consente o uso ilimitado do barco e do trem.


Cinque Terre_4
Vista do início da trilha que vai de Vernazza a Corniglia
Foto: Erica Ritacco


Cinque Terre_5
Manarola
Foto: Erica Ritacco


Cinque Terre_6
Mergulho em Vernazza
Foto: Erica Ritacco


Duração Aproximada das Trilhas

Monterosso a Vernazza (3,8 km): 2 horas
Vernazza a Corniglia (3,4 km): 1h45
Corniglia a Manarola (2,8 km): 1 hora
Manarola a Riomaggiore (1 km): 25 minutos


Cinque Terre_7
Trilhas
Foto: Erica Ritacco


Cinque Terre_8
Trilhas
Foto: Marcelo Ritacco



Gastronomia


Cinque Terre sempre foi conhecida pelo vinho, pelo pesto e pela focaccia, mas produtos como o licor limoncino, a geléia de limão e o peixe acciughe também são tão típicos que merecem serem apreciados e até comprados para serem degustados depois.

Esse é o tipo de passeio que pode ser feito em curto período.


Mais informações:
www.parconazionale5terre.it




Confira também:
Turismo em Milão




Érica Moreira Ritacco
Érica Moreira Ritacco

ericamoreira@destaquesp.com

Um comentário:

Juliana Rossa disse...

Que legal a matéria, Érica!
Espero que vc continue reporteando! É tão bom, né? :)
Nós chegamos em Napoli na terça.
Beijos!