02/11/2010

Lettere a Giulietta

Neste final de semana frio e chuvoso assistimos o romance Cartas para Julieta.

O filme, de direção de Gary Winick, conta a história de uma jovem escritora americana (Amanda Seyfried) que viaja de férias com seu noivo para Verona, a cidade de Romeu e Julieta, na Itália. Chegando lá, o noivo - um empreendedor da área gastronomica e apaixonado pela cozinha italiana - começa a viajar pela Italia para fazer contatos com seus fornecedores, deixando a noiva, de lado.  Ela aproveita para conhecer Verona e descobre um grupo de voluntárias que respondia as cartas deixadas pelos apaixonados na casa de Julieta e aproveita para também participar.

A escritora ,que encontrou escondida na parede, uma carta escrita há mais de 50 anos por uma inglesa (Vanessa Redgrave), na qual pedia conselhos sobre o fato de não ter ido ao encontro de seu amado, decide respondê-la aconselhando a senhora inglesa a ir até a Itália em busca do amor perdido. Ali começa uma grande aventura entre a senhora, seu neto e a escritora, que partem em busca do amor perdido.

Em minha opinião, é um romance água com açúcar, mas que vale a pena porque mostra inúmeras belezas da Itália como Verona e Siena. Se você não conhece esses lugares vale a pena assistir, se conhece melhor ainda para recordar.

4 comentários:

Lili Detoni disse...

Oi, amoreeeee! Olha eu aqui de novo!!! Como eu comentei no facebook, amei este filme, pois conheci Verona e Siena e faço questão de voltar lá no ano que vem! Este filme é doce e suave. E, mesmo assim, nos prende a atenção até o final!Recomendo, com certeza! Sem falar que o casal envolvido no romance do passado é um charmeeeeeee! Eles superam os jovenzinhos da história em tudo!Bacioneeee!!!!!

Dentro da Bota disse...

Realmente mostra a parte da Italia bella!!!
Baci

Gi, Roma

Erica Moreira disse...

Do ponto de vista de beleza, na Itália só conheci lindos lugares, isso porque não conhecemos a parte central e o Sul. Digamos que a contradição entre os Alpes e as praias já é demais, isso sem contar a imensidão cultural presente neste país.

Lia disse...

oi, Erica
Quero muito ver esse filme, adoro romances agua com acucar..rs..bjs