10/08/2015

Voltando aos poucos


Como comentei em um dos últimos posts, decidi voltar a praticar um dos meus hobbies preferidos: andar de bicicleta. Digamos que após tanto tempo parada, não é fácil retomar o ritmo, mas também não é tão difícil quanto eu imaginava. O duro mesmo é deixar a preguiça de lado e dar o primeiro passo, pois depois que saio de casa, consigo mudar completamente os ares e sinto um enorme bem estar. 


Sair sozinha, hoje em dia, é mais complicado porque preciso esperar o Marcelo ter um tempo para ficar com o 'piccolino' e, muitas vezes quando ele está com a gente, quero curti-los juntos. No entanto, resolvi aproveitar os últimos meses de calor e tirar uma hora por dia para mim, para me cuidar e me acostumar aos poucos com a distância, afinal de contas, em breve volto a trabalhar e o Matteo vai para a escolinha. 

Nos primeiros meses do bebê, a mulher fica muito dependente, sem a sua privacidade, coisa que o pai sofre pouco, já que retoma à sua rotina após três dias do parto. É lógico que muita coisa muda para ele também, mas nada comparado com as mudanças pelas quais a mãe passa. 

No entanto, mesmo com as dificuldades, é preciso se adaptar à nova rotina, se cuidar, trabalhar, ter vida social e sua própria individualidade. Aliás, acredito que isso seja fundamental não somente para o bem estar da mulher, como para manter um casamento  feliz e saudável. 

Por hora, volto aos poucos, na medida do possível, a algumas atividades que sempre me fizeram relaxar e aproveito para lutar contra aqueles infelizes quilinhos extras.

Ontem mesmo comecei bem o domingo. Após o café da manhã peguei a bicicleta e fui para o parque curtir uma outra vibe. O parque parecia meu, não tinha uma alma viva (já era meio dia), reflexo do mês de agosto (Ferragosto), quando a cidade pára e todos viajam.

Bom, vamos ver se consigo prosseguir com os exercícios. 

Boa vibe para você também.











Nenhum comentário: