05/01/2016

Matteo e suas transformações

Matteo começou na escolinha dia 01 de setembro e praticamente em dois meses fez uma evolução absurda. 



Ha um mês, ou seja, dos seis meses e meio aos sete, passou a:




Se arrastar, em uma semana a gatinhar, em seguida se apoiar nos móveis para se levantar, se pendurar nas coisas, falar "papá" e a ter longos monologos.


Aos oito meses começou a dizer "mamma" e a relacionar a palavra com a mamãe, ou seja, quando quer colo, leite ou carinho ele me olha e choraminga "mamma, mamma". Aprendeu a ficar de joelhos e a se balançar para trás, fazendo gracinha, a fazer manha (já dizia minha mae "pai é paiaço e mãe é manha"). 

Ele passou a interagir o tempo todo e a querer atenção. Se o deixamos sozinho na sala, chega até nòs em uma velocidade record. Inteligentíssimo, faz sucesso por onde passa, no shopping, na rua, ecc.  Neste exato momento ele acaba de se soltar pela primeira vez por tres segundos. Ele não é medroso, o que o ajuda a aprender as coisas rapidamente. 


É realmente incrível acompanhar a evolução do ser humano. Matteo começou a demonstrar um pouco da personalidade: é um bebezinho decidido, impaciente, nervosinho, persistente no que quer (enquanto não consegue fazer uma coisa, repete até conseguir e quando não consegue dá uns berros que enlouquece até os vizinhos...).



Por outro lado, é muito carinhoso, amável e sensível. Adora carinho,beijos, brincar. 


Todas as manhãs eu o acordo aos beijos, para arrumá-lo para ir à escolinha. Bem... aos beijos ele nem abre os olhinhos, somente abre um sorriso bangelo enorme e continua ali parado esperando mais carinho. Esse momento poderia ser eterno...



Nos últimos dias Matteo esta acordando somente duas vezes de noite, então fico sempre na esperança de que minhas noites serão melhores. Ha dois dias ele dormiu a noite toda, embora eu tenha acordado no mesmo horário de sempre. Fiquei toda feliz "opa, agora vai". No dia seguinte ele acordou quatro vezes e minha esperança foi por água abaixo. Como se diz por aqui "pian piano si va lontano".



Ah, este mês também introduzi o jantar e aumentei os tipos de verduras e carnes da papinha dele. O mocinho adora, aliás ele come de tudo. 



Neste momento já come:

-abóbora, abobrinha, alface, espinafre, raiz de erva doce (finocchio), cenoura, batata, carnes brancas, carnes vermelhas, peixe, ameixa, maça, banana, pera, kiwi, pessego, abacate, bolachinha. 

O que tem nos incomodado muito é que no inverno ele tido muito catarro e tosse. Temos feito pelo menos duas vezes ao dia inalação, mas no dia seguinte a tosse volta com toda a potência. O levei várias vezes no médico e a única coisa que ela diz é que é normal e a solução é fazer inalação. Sigo na esperança de que logo essa fase passe e ele melhore definitivamente. 


Nenhum comentário: