14/01/2022

O Parto

Eu estava muito nervosa. Tive receio da anestesia, visto as condiçoes do parto anterior. Tive medo de ter complicaçoes, de sentir dor na hora do corte, entre outros pensamentos que as vezes tentavam me perturbar. A verdade é que o parto do Matteo me deixou bastante traumatizada, o que impactou na preparaçao para a chegada do Federico.

Apòs me vestir, fui levada para a sala de cirurgia. Dois cirurgioes, dois anestesistas, varios enfermeiros, o pediatra, as enfermeiras-pediatras, além de outros profissionais que sinceramente nao sei quem eram. As anestesistas se apresentaram e me explicaram como seria tudo. Logo apòs a picada na coluna, comecei a sentir as pernas formigarem, uma sensaçao de mal estar e de nervoso, seguida de nausea -  muita nausea - causada por meu stress. Logo me colocaram no oxigenio e começaram a cirurgia apòs tres minutos, pois minha pressao caiu rapidamente, o que poderia colocar o bebe em perigo. Contudo, os médicos foram ageis e extremamente competentes. Em poucos minutos eu estava bem.



Senti tudo: eles tirando o bebè, a ansiedade da espera pelo choro que parecia demorar uma eternidade, a tensao dos médicos que estavam do meu lado do lençol, ouvi finalmente o choro, senti as làgrimas escorrerem em minha face, enquanto meu coraçao transbordava...

Desta vez pude sentir tudo o tempo todo. A anestesista que enxugava minhas làgrimas, meu médico que me mostrou o bebe rapidamente e voltou para a cirurgia, o pediatra que o trouxe para mim por aqueles poucos segundos em que pude beija-lo todo sujinho e silencioso. Foi tudo màgico, foi tudo lindo! De repente, todo aquele medo foi substituido por uma enorme sensaçao de serenidade e amor. Toda aquela nostalgia de nao te-lo mais em minha barriga foi embora. Ele estava ali e desta vez pude aproveitar. Assim que fizeram os exames, o trouxeram para mim e logo em seguida o Marcelo pode entrar para conhece-lo. 





Ah, esqueci de dizer que na Italia é permitida a presença do marido somente em caso de parto normal, entao Marcelo esteve aguardando na sala de espera. Imagino que para ele as emoçoes também devem ter sido diferentes. Tudo fluiu muito bem! 

Como ainda estamos em meio a Pandemia Marcelo podia ficar somente uma hora por dia com a gente. Digamos que era a hora màgica! Apòs quatro dias saimos do hospital e Matteo veio nos buscar. Pura emoçao ver esse primeiro encontro. Ao ver o Fede, os olhos do Matteo brilharam e ele  emocionou. Ainda hoje, eu me sinto a pessoa mais feliz do mundo sentindo todo o calor e amor que emana entre eles dois. Matteo que o trata com tanto carinho e o Fede que olha nos olhos do Matteo e sorri com todo aquele amor. 


primeiro encontro deles






05/01/2022

Atualizaçoes e a chegada do grande dia...

Passaram-se quatro meses do nascimento do nosso bebè e nao tive muito tempo para escrever ou pensar.  Com um bebe recem-nascido, o tempo passa rapido demais e muitas coisas aconteceram neste periodo, aliàs todas elas muito boas. 

A começar pela vinda da minha mae. Visto que a Italia ainda esta fechada para turistas brasileiros, fomos buscà-la em Zurigo, na Suiça e ela ficou 2 meses conosco. Ela chegou 14 dias apòs o nascimento do Federico e nos apoio em tudo o que precisavamos. Fazendo uma cesària fiquei um mes sem poder subir escadas e quem conhece minha casa sabe que tem muita escada. Esse era um ponto que me preocupava muito, ou seja, gerenciar o bebe e a casa nesta situaçao limitante. No entanto, o Cara la de cima é sempre maravilhoso e surpreendente. Poucos dias antes do meu parto, a empresa do Marcelo o afastou por um mes por questoes ligadas ao Covid e eu acabei tendo ele ao meu lado full-time durante o periodo mais complicado. 

Em seguida minha mae chegou e tudo ficou mais tranquilo, principalmente para ele que estava sobrecarregado naquele momento. 

Mas vou começar pelo inicio :) 

No sabado, 04/09/21, fui internada para as vàrias monitoragens. A cesària ocorreu no dia 06/09, mas ja no sabado me deixaram em dieta liquida e no domingo e na segunda-feira em dieta total. Nunca ouvi falar que era necessario ficar sem comer, mas tirando os roncos absurdos de fome no estomago, consegui sobreviver 😁. No dia 06/09 as 14:00 as enfermeiras começaram a me preparar para o parto. 

A coisa maravilhosa - que nao me lembro de ter comentado aqui - é que meu parto foi realizado diretamente por meu médico. Isto geralmente nao acontece na Italia, pois para fazer um parto com o teu médico paga-se particular e o valor é de aproximadamente 10 mil euros. Em uma das ultimas consultas meu ginecologista disse que como seria uma cesària programada, ele iria pessoalmente fazer o parto. Como ele foi diretor da area de ginecologia deste hospital por 40 anos, mesmo estando aposentado do hospital, ele acaba tendo este espaço la dentro, visto que é um profissional extremamente respeitado.

Continua...